"Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros." (João 13:35) "Onde estiverem reunidos, em Meu nome, dois ou três, lá estarei no meio deles." (Mateus 18:20)

Translate


Pesquisar

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Espiritismo dá mais importância aos mortos do que a Jesus?

Gostam de insistir que os mortos (para eles, os "demônios")  afastam as pessoas de Jesus, pois, segundo eles,  adoramos espíritos e pessoas como Chico Xavier e deixamos de lado a fé em Jesus. Insisto que espíritos são   semelhantes (nós SOMOS espíritos), mesmo que mais esclarecidos que nós, e não faz sentido adorar a nós mesmos. Admiramos Chico por ser um grande cristão. Para mim, um exemplo de cristão muito maior do que qualquer "evangélico", pastor, "bispo", que conheço. E o caso a seguir,  do livro “Lindos Casos de Chico Xavier”,  mostra bem que no Espiritismo a fé é SIM voltada para Jesus e não para pessoas como nós:
"Um simpatizante do Espiritismo, residente em Santos, Estado de São Paulo, veio a Pedro Leopoldo, asseverando conhecer o Chico para melhor acertar os seus problemas de fé.  O médium, no entanto, empregado de uma repartição, não dispõe do tempo como deseja e, por determinação de sua chefia, estava ausente de casa.  O visitante insistiu, insistiu...  E como não podia deter-se por muitos dias, regressou a penates, dizendo a vários amigos:
- Duvido muito da mediunidade. Imaginem meu caso com o Chico Xavier. Viajo para Pedro Leopoldo com sacrifício de tempo e dinheiro. Chego a cidade e informam-me, sem mais aquela, que o médium estava ausente. Perdi minha fé, pois tenho a idéia de que tudo seja simples fraude e estou convencido de que o Chico se esconde para melhor sustentar a mistificação.  Um dos companheiros do ideal escreve, aflito, ao Chico, relatando-lhe a ocorrência.  Não seria aconselhável procurar o queixoso e atendê-lo ?  O pobre homem parecia haver perdido a confiança no Espiritismo.
    O médium, muito preocupado, pede o parecer de Emmanuel e o devotado orientador responde-lhe, com serena
precisão   - Deixe este caso para trás. Se a fé  nesse homem for erguida sobre você, melhor que ele a perca desde já, porque nós todos somos criaturas falíveis. A fé para ele e para nós deve ser construída em Jesus, porque, somente confiando em Jesus e imitando-lhe os exemplos,  que poderemos seguir para Deus. "

Disse Emmanuel, mentor  espiritual de Chico Xavier: "Nenhuma mensagem do mundo espiritual pode ultrapassar a lição permanente e eterna do Cristo, e a questão, sempre nova, do Espiritismo é, acima de tudo evangelizar...". E também: "Quando uma centésima parte do Cristianismo de nossos lábios conseguir expressar-se em nossos atos de cada dia, a Terra será plenamente libertada de todo o mal".
E Chico Xavier disse: "Os nossos guias espirituais traduzem a nossa insatisfação, no mundo inteiro, como sendo a ausência de Jesus Cristo em nossos corações "
Então, pelo contrário, os bons espíritos nos aproximam de Jesus, de seus ensinos e seu exemplo. Se para eles o que importa é crer que “Jesus é Deus” ou o “Filho de Deus que se fez carne para morrer por nós”, não é isso o que Cristo ensina claramente na parábola do bom samaritano, onde claro está que não é o apego as escrituras que leva a Deus(esse era o pensamento dos fariseus) e sim a prática do bem.
"Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros." (João 13:35)

Nenhum comentário:

Postar um comentário