"Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros." (João 13:35) "Onde estiverem reunidos, em Meu nome, dois ou três, lá estarei no meio deles." (Mateus 18:20)

Translate


Pesquisar

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

O Espiritismo é que mente?

Guardai-vos dos falsos profetas que vêm ter convosco cobertos de peles de ovelha e que por dentro são lobos rapaces. - Conhecê-lo-eis pelos seus frutos. Podem colher-se uvas nos espinheiros ou figos nas sarças? - Assim, toda árvore boa produz bons frutos e toda árvore má produz maus frutos. - Uma árvore boa não pode produzir frutos maus e uma árvore má não pode produzir frutos bons. - Toda árvore que não produz bons frutos será cortada e lançada ao fogo. - Conhecê-la-eis, pois, pelos seus frutos. " (Mateus 7:15-20)
Dizem os apologistas cristãos que os espíritos que se manifestam no Espiritismo "são espíritos que se prestam a serviço do pai da mentira (João 8:44), Satanás. "
Jesus disse: "Pelos frutos os conhecereis", e, enquanto os espíritos no Espiritismo seguem pregando o amor do puro Evangelho do Cristo e levando pessoas em direção do bem, muitos apologistas cristãos prosseguem, em sites na Internet, livros e programas de rádio e TV, atacando o Espiritismo cheios do mais puro ódio e intolerância típicos dos fariseus do tempo do Cristo, valendo-se muitas vezes da mentira, da calúnia e da difamação.


  • Mentem dizendo que a Bíblia condena o Espiritismo, quando na verdade o Espiritismo nem existia. Chegam ao absurdo de incluir nas Bíblias deles palavras como "Espiritismo", "espíritas", "médiuns".
  • Mentem levianamente afirmando que passagens (vejam, como exemplos, Êxodo 22:18, Êxodo 7:10-12, Apocalipse 21:8, Apocalipse 22:15, Atos 13:6-12, Atos 19:19, Gálatas 5:19-21, etc.) que falam em feiticeiros, idólatras, adivinhos, necromantes, mágicos, pitonisas, bruxos, agoureiros, encantadores, etc., se referem ao Espiritismo. Bom tomar cuidado, pois Apocalipse 22:15 na verdade diz: "Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os idólatras, e todo o que ama e pratica a MENTIRA".
  • Mentem dizendo que necromancia("adivinhações" através dos mortos) é o mesmo que Espiritismo.
  • Mentem dizendo que somos idólatras de espíritos, quando NÓS TODOS, encarnados e desencarnados, somos espíritos.
  • Mentem dizendo que Espiritismo é o mesmo que macumba, candomblé, Nova Era, Legião da Boa Vontade, Astrologia, simpatias, ocultismo, Umbanda, quiromancia, cartomancia, bolas de cristal, sortilégios, e até práticas onde há sacrifícios de animais e seres humanos.
  • Mentem dizendo que médicos do mundo espiritual como Dr. Fritz fazem parte do Espiritismo. Novamente é bom deixar claro que mediunidade não é exclusividade do Espiritismo. Chico Xavier, inclusive, era contra essas operações.
  • Mentem dizendo que o Espiritismo começou com as irmãs Fox, quando foi apenas um caso de fenômeno mediúnico, coisa que sempre existiu, desde o início da Humanidade, enquanto o Espiritismo é a Doutrina codificada por Kardec no século XIX, cumprindo a promessa do Consolador, e que faz uso da mediunidade mas não é sinônimo de mediunidade. Esta é apenas o meio e não o fim no Espiritismo. O fim é a transformação moral da Humanidade através dos preceitos cristãos.
  • Mentem dizendo que Kardec ficou tão perturbado por causa do Espiritismo que se matou.
  • Mentem dizendo que Kardec, antes de morrer, teria dito(só não se sabe para quem): “Arrependo-me de ter escrito a doutrina espírita””
  • Mentem dizendo que Kardec se considerava um "Messias, trazendo a III Revelação", quando na verdade Kardec sabia que não era indispensável. Não fosse ele, seria outro escolhido pela Espiritualidade para revelar ao mundo a III Revelação prometida pelo Cristo como o Consolador.
  • Mentem insinuando que para nós, espíritas, Kardec era um Messias, quando falam em "túmulo lindo do Kardec, enquanto o de Jesus está vazio". Jesus, segundo o Livro dos Espíritos, é "para o homem o tipo de perfeição moral a que pode aspirar a Humanidade na Terra. Deus no-lo oferece como o mais perfeito modelo e a doutrina que ele ensinou é a mais pura expressão de sua lei, porque ele estava animado do Espírito divino e foi o ser mais puro que já apareceu na Terra.".
  • Mentem dizendo que os espíritas são todos uns derrotados, com problemas inclusive de ordem financeira, e acabam sempre no fundo do poço. A vida e obra de Chico Xavier, Bezerra de Menezes, Batuíra e tantos outros espíritas conhecidos e os que poucos conhecem - mas que são grandes pessoas diante de DEUS - reduzem a trapos essa acusação.
  • Mentem dizendo que Elias não poderia ser João Batista porque "segundo o Espiritismo os espíritos só se manifestam com o corpo da última encarnação", fazendo o "Espiritismo" deles, pois Espiritismo mesmo não diz nada disso.
  • Mentem dizendo que o Espiritismo é panteísta e deísta,  e que para os espíritas Deus fez o mundo e então se distanciou, se tornando um Deus ausente e distante.
  • Mentem dizendo que O Evangelho Segundo o Espiritismo é "Outro Evangelho", quando qualquer um que conhece essa obra sabe muito bem que é um estudo de diversos versículos dos Evangelhos, os mesmos Evangelhos de qualquer Bíblia dos católicos e evangélicos, da mesma forma que há livros de teólogos, exegetas, padres, pastores, etc,  analisando os Evangelhos segundo a interpretação de suas igrejas...



Diante de tudo isso (e muito mais eu poderia dizer), que não pode ser considerado mais como ignorância e sim a mais vergonhosa má-fé, pergunto: com quem mesmo estaria o "Pai da Mentira", se ele existisse? E notem ainda que essa é a mesma acusação que os fariseus lançavam a Cristo, que disse: "Se Satanás esta dividido contra si mesmo, como subsistirá o seu reino?" (Lucas 11:18).
E também em João 8:44, "Satanás" é chamado de "homicida", quando o Espiritismo é alicerçado no AMOR segundo os preceitos do CRISTO. Pergunte para uma pessoa que vive no Espiritismo e vê na Doutrina uma reforma moral, levando a praticar os preceitos cristãos, se ela acha o Espiritismo uma "mentira homicida" e ela te dirá que isso é... isso mesmo, uma MENTIRA.
Que os que atacam o Espiritismo são mentirosos, já demonstrei. Mas e homicida? Bem, pensem comigo: enquanto a caridade, pregada e praticada no Espiritismo, é a ação de quem tem amor, o homicídio é a ação de quem tem ódio. Primeiro você odeia e depois você age com esse ódio contra alguém. Eu nem preciso aqui falar sobre as Cruzadas e sobre a "Santa" Inquisição, preciso? Que eu saiba o Espiritismo não mata e nem nunca matou ninguém.
Evangélicos também vivem a desafiar os espíritas, dizendo para os espíritas, "em nome de Jesus" (como se os espíritos não vivessem a repetir o nome do Cristo e os espíritas não fossem cristãos - só não ficamos repetindo inutilmente "Senhor, Senhor" como alguns), pedirem ao espírito que se comunica conosco para dizer quem é de verdade. Dizem que, então, "Satanás" mostrará sua face. Acontece que a mediunidade com responsabilidade só é exercida nos centros, onde o ambiente é adequado. Fora isso, pode haver, sim, espíritos embusteiros que serão desmascarados. Alguns evangélicos também me lançaram o desafio de eu levá-los a um centro espírita. Disseram que diante de "um servo de Deus", Satanás seria desmascarado. Mas agora eu estou desafiando um evangélico a me dizer nome de centro e a data em que "desmascararam Satanás", já que estão tão convictos de que têm esse poder e que os espíritos no Espiritismo trabalham para o "Pai da Mentira" .
Certa vez, uma mulher evangélica, da Igreja Batista, veio até minha casa com uma mulher ex-espírita conhecida da família. Em minha casa são todos espíritas e a mulher evangélica insistia em repetir mentiras e mais mentiras sobre Kardec e o Espiritismo. Disse, por exemplo, que Kardec inventou uma religião porque odiava o Catolicismo. Minha irmã, que é médium, no mesmo instante "incorporou", inconscientemente, um espírito sofredor, chorando de raiva, que disse verdades pra aquela mulher: "Você vem a essa casa com as suas verdades, querendo ser ouvida!". Claro que veio aquele show de "exorcismo", mas a "serva de Deus" ainda teve que ouvir muito. Veja só, "Satanás"nesse caso é que desmascarou a "serva de Deus". E não foi em um centro, mas em minha casa. Não foi com um espírito de luz e sim com um espírito sofredor, atrasado espiritualmente, mas que mesmo assim se manifestou diante das mentiras dos intolerantes que se julgam "o povo de Deus", os "escolhidos" e desprezam os que não acreditam nas mesmas coisas que eles.

Um comentário:

Miguel Santos disse...

Nossa, muito interessante !

Postar um comentário