"Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros." (João 13:35) "Onde estiverem reunidos, em Meu nome, dois ou três, lá estarei no meio deles." (Mateus 18:20)

Translate


Pesquisar

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Sobre "Lúcifer"

Severino C. da Silva em "Analisando as Traduções Bíblicas", sobre quem seria “Lúcifer”:
"Do latim luz, fero - que traz luz, que dá claridade, luminoso.
O versículo 12 do capítulo 14 de Isaías deu origem a palavra Lúcifer quando da tradução da Vulgata. Alguns teólogos citam ainda Ezequiel 37:2-11 como referentes a ele. No entanto, nos textos da Bíblia hebraica e grega esta palavra(Lúcifer) não aparece. Acompanharemos as diversas traduções:
O texto hebraico Isaías 14:12 diz o seguinte:
(...) "Como caíste dos céus, estrela filha da manhã. Foste atirada na terra como vencedora das nações".
(...) Veja o versículo em latim onde São Jerônimo coloca a palavra Lúcifer: "quomodo cecidisti de caelo LUCIFER..."
  Assim, fica constatado que o termo é latino, e lançado por São Jerônimo, quando da tradução da Vulgata, no século III da era Cristã. Alguns tentam ligar esta passagem a Apocalipse 8, 10 como sendo aí a queda de Lúcifer, mas a história de que seria o chefe dos anjos caídos, citados na II Epístola de Pedro 2:4 e Judas 6 não tem fundamento comprovado no Antigo Testamento, como podemos observar.
  O Capítulo 14 de Isaías do versículo 3 ao 22 refere-se a queda e destruição do rei Nabucodonosor da Babilônia. Foram os padres e teólogos da igreja católica que lançaram o versículo 14:12 como sendo referente a queda do príncipe dos demônios LÚCIFER.
  Uma vez mais nos deparamos com a questão das traduções, dos folclores e das crenças pessoais"

Nenhum comentário:

Postar um comentário