"Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros." (João 13:35) "Onde estiverem reunidos, em Meu nome, dois ou três, lá estarei no meio deles." (Mateus 18:20)

Translate


Pesquisar

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

PERGUNTAS AO CRISTÃOS ANTI-ESPIRITISMO

Como pode a Bíblia dizer, em Atos 16:7, que Paulo e Timóteo tentaram entrar na Bitínia  "Mas o Espírito de Jesus os impediu", se Cristo continua vivo?  Podem alegar que era o Espírito Santo. Mas o texto diz "O Espírito de Jesus", não "o Espírito Santo" ou "Espírito de Deus" E por que em  Atos 9:3-9 e  22:6-11 Paulo e os que estão com ele ouvem a voz de Jesus mas conseguem ver apenas uma luz, que chega a deixar Paulo sem visão? Que luz era aquela? E por que não viam Jesus, apenas o ouviam e viam apenas a luz? Não parece uma clara manifestação de um ESPÍRITO ILUMINADO?

Se a Bíblia afirma categoricamente ( 1 Samuel 28:7-25) que Samuel manifestou-se após a morte, e isso está confirmado no livro Eclesiástico, que compõe a Bíblia Católica, e ainda nos textos de Flávio Josefo, judeu que viveu nos tempos de Jesus, por que não simplesmente aceitar ao invés de fazer ginásticas interpretativas para dizer que na verdade era o diabo e não Samuel, o que a Bíblia não diz? Costumam dizer que no versículo 14 está a prova de que Saul apenas entendeu que era Samuel. Mas antes disso, no versículo 12, lemos  “"E a mulher, TENDO VISTO SAMUEL, soltou um grande grito" (Grifo meu). Lemos ainda afirmações como: "SAMUEL disse ao rei..." (v. 15) e  "Saul, atemorizado com as palavras de SAMUEL..." (v. 20). Portanto, a Bíblia afirma ser Samuel. Não vale sempre a regra “A Bíblia interpreta a própria Bíblia”? Por que não aplicar essa regra aqui também? E será que a Bíblia mentiu? Mas não é a Palavra de Deus? Não é perfeita e sem contradições e mentiras?

Se acreditam que Samuel manifestou-se, mas só porque Deus quis assim e foi só aquela vez, então responda porque Deus não permitiria outras vezes.

Por que Saul buscou a médium para tentar contato com Samuel, se Saul, segundo dizem, sabia que mortos não sabem de coisa alguma, estão inconscientes, não entram em contato jamais conosco, e só os anjos caídos é que se manifestam nas comunicações, nos enganando, e justamente por isso ele mandou matar todos os necromantes do reino? Se ele sabia de todo esse perigo da mediunidade,sabia que mortos não voltam, sabia que demônios enganam que são mortos, ele mesmo assim quis ser enganado? Alguns dirão que ele estava desesperado. Mas desespero algum faria os mortos acordarem e os demônios deixarem de enganar, não é? Tem certeza que foi por isso que ele matou os necromantes?  Ele realmente acreditava que mortos não se comunicam jamais?

Se Saul foi condenado a um fim trágico simplesmente por recorrer a uma médium,por que tantos médiuns(Chico Xavier um bem conhecido do nosso tempo) e tantos e tantos espíritas passaram dessa pra outra vida de forma serena e tiveram uma vida tranquila dedicada ao bem?

Se a mediunidade é uma abominação e nem todos tem uma mediunidade ostensiva, então por que Deus cria algumas pessoas com essa maldição? Será que Deus ama mais aqueles que não nasceram médiuns?  Todos os médiuns começaram sendo buscados pelos espíritos e não buscando os espíritos. O próprio Chico Xavier descobriu-se médium quando ainda criança tendo visões da mãe.  Será que Deus ama mais a mim, que não nasci médium ostensivo, do que ao Chico Xavier? Afinal, que culpa tem a pessoa de ver espíritos, incorporar, etc, quando não foi escolha dela?

Você sabia que, ao contrário do que insistem em dizer, necromancia é o uso da mediunidade com fins de adivinhações e não qualquer uso da mediunidade? Sabia que o necromante é aquele que evoca espíritos para saber sobre sorte no amor, sorte no jogo, trabalho, questões pessoas fúteis e demais informações futuras, assim como Saul buscava informações sobre seu destino, e que isso não é o que o Espiritismo ensina e, portanto, a condenação bíblica a necromancia em nada tem a ver com Espiritismo?

Por que insistem que a mediunidade é obra dos anjos caídos, se a Bíblia diz que eles estão guardados nos abismos do inferno, aprisionados(2 Pe 2:4: e Jd 1:6). Se estão guardados, aprisionados, como podem se manifestar, enganando que são espíritos dos mortos?

Vocês gostam de afirmar sempre que em Genesis 3 temos “a primeira sessão mediúnica”, com Satanás incorporando na serpente. Mas por que o texto se refere a serpente como "o mais astuto dos animais" (Gen. 3:1), ou seja, era apenas um animal. Não era Satanás. Tanto é que também diz que a  serpente foi amaldiçoada e passou dali em diante a arrastar-se sobre o ventre e comer pó (Gen 3:14). Onde diz que é Satanás? E onde vocês já viram espíritos incorporando em animais e fazendo eles falarem? Por que não simplesmente aceitar que isso é uma fábula? Uma fábula com grandes ensinamentos, mas ainda é uma fábula, e, como em todo fábula, há animais que falam.

A Parábola do Rico e Lázaro (Lucas 16:19-31) é muito usada contra o Espiritismo. Mas onde diz ela que a mediunidade nunca acontece, mortos não podem se comunicar jamais, e que demônios nos enganam? Não é dito apenas que os irmãos do rico NÃO ACREDITARIAM(v. 31) ?

A parábola, tão usada contra espíritas, foi endereçada aos espíritas ou aos fariseus gananciosos, com a lição moral de que não devemos nos apegar à riqueza? (veja Lucas 16:13-14  )

Na verdade, todo o capítulo, desde o primeiro versículo, trata da riqueza e não da mediunidade, com Jesus, como sempre, indo de encontro ao apego a bens materiais. Não vai isso de encontro ao ensino da Prosperidade e de que um pastor deve ganhar bem?

Se Lázaro e o rico estavam no "céu" e no "inferno", como fica a história do juízo final?  E quanto aos mortos estarem dormindo sem saber de coisa alguma (Ecles. 9:5; Sal. 6:5, 115:17), sem raciocínio ou consciência própria, e sem  louvar a Deus (Sal. 146:4; Sal. 115:17). Como conciliar a situação espiritual do rico e do Lázaro com esses versículos, que também gostam de usar contra o Espiritismo?

O rico queria que seus irmãos fossem avisados sobre o quê? Sobre uma "salvação pela graça"? Sobre a necessidade de "aceitar Jesus"  para ser salvo? Ou para praticarem CARIDADE, ou seja,  o desapego aos luxos terrenos?

E Lázaro? Ele estava no “céu” por ter aceitado Jesus, ou por ter sofrido em vida tudo aquilo com resignação, humildade, sem reclamar da vida, ou seja, a CARIDADE no sentido mais amplo conforme ensina o Espiritismo(e não no sentido restrito de “dar esmolas”) ?

Vocês sempre gostam de dizer que os demônios se passam pelos mortos enganando os médiuns. Isso tem base bíblica com versículos afirmando isso claramente, ou  vocês precisam pegar vários trechos bíblicos, muitos deles que se contradizem (Ex.: versículos em que os mortos estão dormindo e sem saber de coisa alguma que se passa, e a parábola do Rico e Lázaro, com o rico bem acordado e sofrendo), e com isso tirar uma conclusão forçada?

Vocês citam sempre II Cor 11:13-15 para provar que Satanás pode transformar-se em anjo de luz nos enganando. Mas, se Paulo diz (v. 15) que o fim de Satanás será "segundo suas OBRAS", não está claro que a luz é só aparente(um espírito usando um nome importante para poder enganar, por exemplo. Ou até mesmo um espírito encarnado, uma pessoa viva que é um "lobo em pele de cordeiro"), mas as obras são ruins? E quanto ao versículo que diz que "Quem pratica o mal, tem ódio da luz, e não se aproxima da luz, para que suas ações não sejam desmascaradas”. (Jo 3,20) ?

Ainda sobre aqueles versículos acima, se Satanás é tão poderoso, tão capaz de enganar, então isso é só nos dias de hoje? Deve ter sido poderoso sempre, não? Então, por que não concluir que Jeová na verdade era Satanás enganando, assim como os anjos, o Anjo do Senhor. o Espírito Santo, Jesus depois de morto aparecendo inclusive para Paulo,na Estrada de Damasco... ? Como saberemos que não é ele que também se disfarça em Espírito Santo? Aquele mesmo que nas igrejas pentecostais creem aparecer e influenciar a seus fiéis? E por que não é dito que foi ele que se fez passar por Moisés e Elias, no episódio do Tabor, onde Jesus conversa com os dois profetas?

Se Jesus(em Mateus 7) , diz, sobre os falsos profetas, que "uma árvore boa não pode produzir frutos maus e uma árvore má não pode produzir frutos bons" e "Conhecê-la-eis, pois, pelos seus frutos. ", por que insistem ainda que os mensageiros espirituais que só levam as pessoas em direção do bem, que só trazem a paz, são tão demônios quanto os espíritos que são apegados ao mal?

Como as pessoas se salvavam antes de Jesus ?

Como se salvarão todos aqueles que vivem em lugares do mundo onde Cristo nem é conhecido ?

Se a resposta para as 2 perguntas acima for "Deus é justo. Como não tiveram oportunidade de conhecer ao Cristo serão julgados de acordo com as obras", então isso não faz de Jesus um Condenador cruel e mesquinho exigindo adoração, e não o Salvador da Humanidade?

Se a resposta for "eles terão a oportunidade de conhecer Jesus de alguma forma", me responda o que acontecerá com os que SABEMOS que nunca tiveram?

Se Deus é Justo, é Amor e é Misericordioso, como pode condenar eternamente ao fogo do inferno suas criaturas após uma breve existência na terra, sem direito ao  arrependimento e  ao perdão?

Se sua resposta a pergunta acima for "Deus é amor, mas também é JUSTIÇA", me diga que justiça é essa que pune alguém eternamente em qualquer falta, se, até na justiça dos homens, a pena é proporcional a falta cometida?

Imagine uma mãe cristã, que acredita que Jesus é Deus e morreu para nos salvar. Ela morre e vai para o Céu. Seu filho, apesar de bom homem, tendo feito somente o bem ao próximo em toda a sua existência terrena, não acreditava em nada disso e vai para o inferno. Como a mãe será feliz no céu sabendo do sofrimento de seu filho? E como amar a um Deus tão cruel assim? Enfim, como  conciliar isso com o "Amai a Deus sobre todas as coisas e ao próximo com si mesmo", se Deus é cruel e pune eternamente quem amamos?

Se a resposta for "No Céu nos esquecemos das pessoas que conhecemos na Terra e vivemos em paz e harmonia", então, se esquecemos de quem amamos, por que Cristo nos ensinou tanto que devemos amar ao próximo?

Por que ao ser perguntado por um doutor da lei sobre qual o caminho para a VIDA ETERNA(Lucas 10:25), Jesus exemplificou com um samaritano, sendo que os samaritanos eram tidos como hereges, mas naquele caso era um homem que demonstrava amor verdadeiro ao seu próximo, e disse ainda Cristo ao seu interlocutor "Vai e faze da mesma maneira."(Lucas 10:37) ? Por que Cristo não exemplificou com um crente na Divindade do Cristo, no sangue redentor do Cordeiro, ou ao menos alguém apegado aos textos bíblicos? Jesus chega até a colocar o samaritano em contraponto a um sacerdote e um levita, homens conhecedores das Escrituras. Por que isso?  Não foi pra provar justamente  que é a CARIDADE que nos leva a Deus e não a crença em alguma coisa, mesmo a crença em textos bíblicos?

Se sua resposta a pergunta acima for “Jesus não falou sobre Redenção e Trindade, porque, é claro, não havia ainda se sacrificado por nós. Mas agora, sim, é seu sangue e a fé nele como o Filho de Deus   que nos salva”, te pergunto novamente: Se antes eramos julgados apenas pelo bem ou mal feito em vida e agora Jesus exige uma adoração, ou seja, hoje aquele samaritano seria condenado mesmo amando o seu próximo, por não aceitar Jesus como Salvador e Deus, isso não faz de Jesus não um Salvador e sim um Condenador mesquinho e cruel exigindo adoração para não mandar as almas para o fogo do inferno?

Por que em Mateus 25, Jesus deixa claro que o prêmio da eterna felicidade será dado àqueles que praticam a verdadeira caridade, mais uma vez sem falar sobre a necessidade de acreditar que ele é Deus Salvador?

O apóstolo Paulo é muito citado pelos que querem provar que seremos julgados unicamente pela fé. Não deveríamos ser menos paulinos e mais CRISTÃOS, ficando somente com o que diz Jesus? E por que será que mesmo Paulo disse em Romanos 2:6: "(Deus) dará  a cada um segundo as suas obras"?, e ainda "Importa que compareçamos perante o tribunal do Cristo, a fim de que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito enquanto no corpo" (II Cor. 5:10)?

Explique a frase de Jesus "Por que me chamas bom? Só Deus o é verdadeiramente" (Marcos 10:18). Será que Jesus era mesmo Deus, mas não era nada humilde?

Não concorda que os líderes cristãos fazem a Bíblia dizer o que eles bem entendem, como vemos no caso da afirmação de que Samuel era demônio, na afirmação de que mortos não se comunicam e que são na verdade demônios e tantas outras passagens bíblicas interpretadas da forma mais conveniente? Não acha que com isso não cabe mais falar em "Palavra de Deus", já que as regras de interpretação são bem HUMANAS?

Vocês afirmam que não aceitamos ou não entendemos corretamente algumas coisas que estão na Bíblia porque não estamos com o Espírito Santo, que nos dá entendimento. Mas dizem isso Católicos e as diversas igrejas evangélicas e todas tem suas divergências. Para ficar nos dogmas mais óbvios, evangélicos não acreditam na presença real do Cristo na Eucaristia, que o Papa é infalível em questões de fé, na existência do Purgatório e também não idolatram Maria, como os católicos. As várias igrejas evangélicas, cada uma se dizendo a mais cristã, divergem, por exemplo, quanto a idade certa para o batismo, quanto ao dízimo, ofertas, prosperidade, doação de sangue, etc. Com quem está esse "Espírito Santo", afinal? Ou será que ele está bastante confuso?

Quem disse a vocês que pra ser cristão precisa acreditar que Jesus é Deus e morreu por nós, se Cristo mesmo disse "Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros." (João 13:35) e  "Onde estiverem reunidos, em Meu nome, dois ou três, lá estarei no meio deles." (Mateus 18:20), além da já citada parábola do bom samaritano e tantos outros ensinamentos nesse sentido? 



2 comentários:

Unknown disse...

"Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros." Para os protestantes só basta crer e ser batizado que já é considerado cristãos e salvo.

Bruna Uchôa T. disse...

Belíssimo artigo. Esse é blog é um banho de racionalidade, lucidez e puro embasamento cristão. Muito tem me ajudado,agradeço!

Postar um comentário