"Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros." (João 13:35) "Onde estiverem reunidos, em Meu nome, dois ou três, lá estarei no meio deles." (Mateus 18:20)

Translate


Pesquisar

sábado, 10 de janeiro de 2015

Saul condenado por procurar uma necromante?

Trecho do texto em http://www.apologiaespirita.org/apologia/artigos/025_Quem%20apareceu%20a%20Saul.pdf


Que por sua vez é uma resposta ao texto em http://www.cacp.org.br/quem-apareceu-a-saul/



Tentou-se aplicar que a razão da morte de Saul se deu pelo fato de sua
consulta com a necromante, principalmente quando citam (1Cr 10,13). Porém,
sabemos, de que a razão da morte de Saul foi justamente pelo não cumprimento da
ordem dada pelo Eterno através da profecia que Samuel proferiu ainda vivo (1Sm,15-
37-29), tendo-a repetido depois de sua morte (1Sm 28,16-18). Ademais, no cânon
judaico, o livro de Crônicas é o último livro do Tanah, como que alguém narrando os
episódios contidos nos livros de Reis e Samuel, escritos por um levita por volta de 430
a.C. com adições posteriores a 200 a.C., com o propósito de resgatar os padrões de
culto e adoração ao Eterno no período do cativeiro babilônico. O que demonstra que
Saul, que morreu por volta de 1010 a.C. dista da narrativa deste livro em até 580 anos
 Contudo, não deixaremos de uma análise dentro da bíblia hebraica, vejamos:
1Cr 10,13-14: Assim morreu Saul por causa da sua infidelidade para com o
Eterno, porque não tinha guardado a palavra do Eterno, e também porque
buscou a necromante para o consultar, e não buscou ao Eterno, pelo que o
matou e transferiu o reinado a David bem Ishai. (TANAH, p. 821)

Diante do que já relatamos sobre o livro de Crônicas, nota-se que o levita ao
transcrever os fatos ocorridos em 1Sm 28, percebe-se que ele faz uma
complementação a morte de Saul dizendo se dar também por não ter cumprido o que o Eterno o havia incumbido de realizar, que era o extermínio dos amalekitas e o rei
Amalec, fato este que não ocorreu, donde Samuel profetizou-lhe, tanto em vida (1Sm
16,28), como em espírito que seu reinado seria dado a outro, neste caso a David (1Sm
28,17).



Nota do blogueiro: Lembrando que 1)Espiritismo é uma coisa.Necromancia é outra coisa. Necromancia é a mediunidade com fins de adivinhação.  2)Saul, portanto, não foi a uma sessão espírita. ( Ver mais: http://espiritismoehcristao.blogspot.com.br/2015/01/manifestacao-de-samuel-foi-uma-sessao.html ) 3) Se Saul foi condenado simplesmente por consultar uma MÉDIUM, não exatamente uma NECROMANTE(nem todo médium é necromante), por que todo espírita também não tem um fim trágico da mesma forma? Chico Xavier desencarnou tranquilamente, em casa, de causas naturais, com mais de 90 anos, e da forma em que queria. Ele dizia querer partir no dia em que os brasileiros estivessem felizes. E foi assim. Partiu no dia em que Brasil foi Pentacampeão, em 2002.


Nenhum comentário:

Postar um comentário